terça-feira, 25 de junho de 2013

num estalo


é infinitamente mais vagaroso do que aquele movimento de fricção dos dedos, mas às vezes parece mesmo que o tempo passa na velocidade de um estalo.

é começo de ano e quando vê já era natal. o despertador tocou, mas quando percebe anoiteceu.

assim seguem os dias: algumas vezes arrastados, na maior parte das vezes ninguém sente passar.

se o tempo é ágil ou se nós somos dispersos, não dá pra saber. mas se soubermos aproveitar esses minutos de lucidez que acontecem antes dos dedos se encostarem, os intervalos entre um estalo e outro terão valido a pena.

Fernanda Gaona


Ilustração: Yo Missmita 

3 comentários:

Raquel disse...

Perfeito!! "a vida é um drible ágil entre as pernas de desgraça!", adorei esse texto!! Mto bom! :)

Lari Moreira disse...

Boa noite!! realmente a vida passa extremamente rapido, arrastando mesmo kkkk gostei, ultimamente tenho percebido isso, que passa rapido de mais
Mas uma vez atualizo os meus fragmentos, visite quando tiver tempo:
http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/
Fique com Deus, beijos

andressa disse...

Sim.