quinta-feira, 1 de outubro de 2009

“Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.”


“Pegue para você o que lhe pertence, e o que lhe pertence é tudo o que sua vida exige. Parece uma vida amoral. Mas o que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesma.”


Clarice Lispector

4 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

Verdade:
que defeito seria
nosso alicerce?

É pra se pensar nisso por horas...
(risos)

Um beijo,
doce de lira

Monny disse...

gostei,muito bem escrito ;D

Christi... disse...

Pois são as verdades das plavras de Clarice nos presenteando sempre..
bjs, bom final de semana
Chris

Rodrigo Cavaleiro disse...

Isso me lembra a peça teatral sobre a Clarice Lispector no CCBB... será que ainda consigo assisti-la !?

xD Alguém quer ir !?