sábado, 19 de março de 2011

"Andar descalço, sem medo de ferir os pés"


"Intimidade é quando a vida da gente relaxa diante de outra vida e respira macio. Não há porque se defender de coisa alguma nem porque se esforçar para o que quer que seja. O coração pode espalhar os seus brinquedos. Cantar a música que cada instante compõe. Bordar cada encontro com as linhas do seu próprio novelo. Contar as paisagens que vê enquanto cria o caminho. Andar descalço, sem medo de ferir os pés."


Ana Jácomo

9 comentários:

...Flávio. disse...

Que texto fascinante!
Simples, curto, porém muito claro!

Lindo. Belíssima escolha!

Um beijo.

PauloSilva disse...

Profundo *
Gostei.

Beijos.

Maurélio disse...

Encantadores o texto e o blog
Parabéns

Ricardo e Fran disse...

E poucas, pouquíssimas coisas são melhores que isso...

Beijos!

Raphael Martins disse...

Sentimento raro essa intimidade citada...

Tati disse...

Perfeito (:

sara disse...

Sigo (:

Luciana Boeing disse...

Descrição poética e perfeita. Intimidade é transparência total... que delícia quando um coração espalha os seus brinquedos, e brinca com outro. Corações amigos de infância, poderíamos assim dizer. Amei, parabéns pela escolha do texto.

Selma Caselli disse...

Coisa boa e rara essa "tal" de intimidade, bom lembrar que isso ainda seja possivel nos dias de hj...