segunda-feira, 3 de maio de 2010

"E eu tão singular me vi plural"


"Sonhei e fui, sinais de sim,
Amor sem fim, céu de capim,
E eu olhando a vida olhar pra mim.

Sonhei e fui, mar de cristal,
Sol, água e sal, meu ancestral,
E eu tão singular me vi plural."


Lenine

7 comentários:

*Carol Carolina* disse...

se ver plurar é desejavelmente natural!
=)

quero meu blog lindo q nem o seu, como eu coloco essas "coisinhas" fofas???rs

um beijo!

Patrícia Lara disse...

Oi, Fê!

Encontrei seu blog por acaso... e que achado! AMEI tudo por aqui! Lugar gostoso de ficar, daqueles que não dá vontade de sair, sabe? Bom demais! Vc faz um trabalho e tanto aqui! Parabéns!

E eu, como uma boa admiradora da literatura em geral, estou seguindo-te!

Beijos
Patrícia Lara

Lita disse...

Fê! Mais uma vez amei o teu post!

beijinhos Lusos!!

Leni disse...

se ver plural é amar-se intensamente, e prontos estamos pra amar outrem!
lindas rimas!
beijos

ONG ALERTA disse...

Lindo que nossa vida seja sim plurais...paz.

O Eterno Aprendiz, Artista Sonhador de Deus. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Eterno Aprendiz, Artista Sonhador de Deus. disse...

Você é o meu o 's' Fe. Sem você sou singularmente um singular sozinho.

Com você eu sou plural, composto, cheio, completo e feliz.

=)

Eu amo você.