terça-feira, 23 de março de 2010

"Não acredita não Teresa"


"Teresa, se algum sujeito bancar o sentimental em cima de você
E te jurar uma paixão do tamanho de um bonde
Se ele chorar
Se ele se ajoelhar
Se ele se rasgar todo
Não acredita não Teresa
É lágrima de cinema
É tapeação
Mentira
CAI FORA."

Manuel Bandeira

8 comentários:

Pérola disse...

Muito legal rsrsrsrsr.
Eu vou ficar esperta também mesmo ñ chamando Tereza rsrsrsr.
beijokas.

Mali Melo disse...

aaah, eu já conhecia. parece coisa que irmão mais velho diz pra caçula ALKJSALJSAKJLAS :)

Layara disse...

...é bom ponderar, esmola demais o santo desconfia, e há sempre os dons juans de plantão...rssss...é bom acreditar menos...pode ser tapeação...

Beijo!

Paz e Luz!

Dedé disse...

eu deveria ter lido isso antes...
adorei.
bjos

Mikaele Tavares disse...

Cuidado Teresa..
Ah, tantos assim na vida..

Beijos

Luanne de Cássia disse...

amo esse poema
Lindo, lindo

Mirela disse...

No nosso caso tem que ter o poema na versão masculina.. "Não acredita não João" kkkkkk

Tear de Sentidos disse...

Eu adoro este poema! Teu blogue é muito legal!!!

“Desejamos que Cristo ressuscite em nós e na humanidade inocente, frágil e sofrida, um pouco da Sua Luz. E mais: que Ele reanime as nossas melhores capacidades de solidariedade a fim de nos tornarmos instrumentos para a construção de uma vida mais justa e humanitária, com objetivos de reconciliação, harmonia e Paz!
Feliz Páscoa! Clique no link e tenha um bom dia!”
Bj, Jana e Tê!
Em tempo: Aproveitamos para lembrar que o Tear está com uma página em construção sobre vida e obra de Chaplin. Todas as contribuições (imagens, textos, resenhas, discussões, comentários, etc.) serão bem-vindos!

http://www.jacquielawson.com/preview.asp?cont=1&hdn=0&pv=3111883&path=83557