quinta-feira, 30 de abril de 2009

“Não lembro de ninguém assim tão à flor de si mesmo”


"Ela sempre fez o que quis. Mas não com... Com agressividade, entende? Quero dizer, ela está sempre tão dentro dela mesma que qualquer coisa que faça não é nem certa nem errada. É simplesmente o que ela podia fazer."


Caio (suspiros rs)

2 comentários:

' a Ana é azeda. disse...

Estar sempre a flor de algo... nem todos suportam essa situação! (:

disse...

Eba... o segundo a comentar... rsrs Faz um tempinho que não comento nada neh? 5 dias e contando... um beijo loira!